Segundo Passo

 

ORAÇÃO PARA O SEGUNDO PASSO


Rogo para Ter uma mente aberta para que eu possa crer em um PODER SUPERIOR à mim mesmo. Peço humildade e a contínua oportunidade de aumentar a minha fé. Não quero mais ser arrogante.


VIEMOS À ACREDITAR QUE UM PODER SUPERIOR À NÓS MESMOS PODERIA DEVOLVER-NOS À SANIDADE.

O Segundo Passo é necessário se esperamos alcançar uma recuperação contínua. O Primeiro Passo deixa-nos a necessidade de acreditarmos em algo que nos ajude com a nossa impotência, inutilidade e desamparo.
O Primeiro Passo deixou um vazio em nossas vidas. Precisamos encontrar alguma coisa para preencher esse vazio. Este é o propósito do Segundo Passo.
Alguns de nós, à princípio, não levaram este passo à sério, passamos por ele com pouco interesse, para constatarmos depois que os passos seguintes não funcionavam até que trabalhássemos o Segundo Passo. Mesmo quando admitíamos precisar de ajuda para o nosso problema com drogas e/ou álcool, muitos de nós não admitiam a necessidade de fé e sanidade.
Temos uma doença progressiva, incurável e fatal. De maneira ou outra, fomos lá e compramos a nossa destruição à prestações! Todos nós, do doidão que rouba bolsa na rua à doce velhinha que consegue arrancar receitas de dois ou três médicos, temos uma doença em comum:
Buscamos nossa destruição de papel em papel, de comprimido em comprimido, de garrafa em garrafa, de seringa em seringa, até a morte. Isto é pelo menos parte da insanidade da doença da dependência química. O Preço pode parecer maior para o dependente que se prostitui por um pico do que o dependente que apenas mente para o médico. No fim, ambos pagam pela doença com suas vidas. Insanidade é repetir os mesmos erros esperando resultados diferentes.
Quando chegamos ao grupo de auto-ajuda ou Fazenda, muitos de nós percebemos que voltáramos à usar inúmeras vezes, mesmo sabendo que estávamos destruindo nossas vidas. Insanidade é usarmos substancias químicas dia após dia, sabendo que o único resultado é a nossa destruição física e mental. A Insanidade mais óbvia da doença da dependência é a obsessão de usar drogas.
Pergunte à você mesmo: Acredito que seria insano pedir à alguém Por favor, me dê um ataque de coração ou um acidente fatal ? Se você concordar que isto seria insano, não deverá Ter qualquer problema com o Segundo Passo.
No Programa, a primeira coisa que fazemos é parar de usar drogas e/ou álcool. Neste ponto, começamos à sentir a dor de viver sem as substancias químicas ou algo que as substitua. A dor nos força à buscar um PODER SUPERIOR do que nós mesmos, que possa nos aliviar da obsessão de usar. O Processo de vir à acreditar é parecido para a maioria dos dependentes. Faltava à maioria de nós um relacionamento prático com um PODER SUPERIOR. Começamos a desenvolver este relacionamento simplesmente admitindo a possibilidade de um PODER MAIOR do que nós. A Maioria de nós não tem dificuldade de admitir que a dependência havia se tornado uma força destrutiva em nossas vidas. Nossos melhores esforços resultavam em destruição e desespero cada vez maiores.
Chegamos à um ponto em que percebemos que precisávamos de ajuda de algum PODER MAIOR do que a nossa dependência. A Nossa compreensão de um PODER SUPERIOR fica à nosso critério. Ninguém vai decidir por nós. Podemos escolher o grupo, o programa, a fazenda ou podemos chamá-lo de DEUS. A única diretriz sugerida é que este PODER seja amoroso, cuidadoso e maior do que nós. Não precisamos ser religiosos para aceitar esta idéia. O Importante é abrir-mos nossas mentes para acreditar. Podemos Ter dificuldades, mas mantendo a mente aberta, mais cedo ou mais tarde encontramos a ajuda necessária.
Falamos e ouvimos os outros. Vimos outras pessoas se recuperando, e elas nos disseram que estava funcionando para elas. Começamos à ver evidências de um PODER que não podia ser explicado completamente. Confrontados com esta evidência, começamos à aceitar a existência de um PODER SUPERIOR. Podemos usar este PODER muito antes de compreendê-lo.
À Medida que vemos coincidências e milagres acontecendo em nossas vidas, a aceitação se transforma em confiança, Crescemos à ponto de nos sentirmos à vontade com o nosso PODER SUPERIOR, como fonte de força. À medida que aprendemos às confiar nesse PODER, começamos à superar o nosso medo da vida.
O Processo de vir à acreditar devolve-nos à sanidade. A força para agir vem desta crença. Precisamos aceitar este passo para começarmos à trilhar o caminho da recuperação. Quando a nossa crença estiver fortalecida, estaremos preparados para o Terceiro Passo.

Voltar